O coringa chegou e o Batman sumiu - Sobre o ”Trumpismo”

Publicado em 30/01/2017



Quando a fantasia cinematográfica imita a realidade ou se ela provoca o desenvolvimento da realidade?. Este limite de entendimento dificilmente será alcançado pela maioria dos fanáticos em filmes de super heróis. Mas com certeza, aguça o olhar reflexivo do psicólogo, sociólogo ou cidadãos habituados a pensar a vida e não passar por ela como mero acaso. 

Trump é o sociopata mais personificado da atualidade. Um sujeito totalmente aloprado, com sede de poder e altamente delirante. Eleito dentro do estranho processo democrático americano, que mesmo sendo menos votado leva o pleito, agora faz emergir suas propostas enlouquecidas, que durante sua campanha eleitoral alguns achavam que era puro jogo publicitário. Mas não é! É realidade! Cada dia ele emerge com ações insanas: Muro na fronteira com o México, com as contas para os mexicanos pagarem; defesa da tortura sobre presos políticos; proibição da entrada de cidadãos de países de base muçulmana, mesmo para aqueles que já possuem a cidadania americana ou que estão estudando regularmente nos Estados Unidos; interrupção dos acordos comerciais; projeção dos Estados Unidos como potência nuclear. Enfim, muitas ações aterrorizadoras. 

A sociedade Americana está pagando pela postura de acomodação proporcionada pela falsa visão da estabilidade do processo democrático daquele país. Está pagando o preço amargo desta postura cômoda. Agora precisam literalmente do Batman para eliminar o Coringa. Mas onde se encontra o Batman da vida real? É mais fácil produzir loucos sociopatas do que salvadores da pátria bem intencionados. Os que surgem só pelo fato de prometerem mudanças miraculosas, como é o caso de Trump, já revelam caráter sociopata. Prometem a fantasia cinematográfica de que podem ser super heróis de uma nação. 

Onde vai chegar o poderio de Trump e até onde o povo americano e as nações do mundo vão permitir tamanha insanidade, vamos observar. Que não demore muito a queda de Trump. Se não veremos o emergir de um planeta com mais males.   


Compartilhe:

 




Visitas: 279

Entre em contato