Namoro , a explosão do amor

Publicado em 05/08/2015



No dia dos namorados o amor está no ar. Desejos pulam logo ao amanhecer e a expectativa de encontrar o cônjuge  para presenteá-lo com a certeza de que será retribuído. 

Ter um dia exclusivo só para namorados parece um exagero ou mais um golpe do marketing de consumo. Mas na verdade é uma exclusividade que carrega muita importância, pois o vínculo amoroso de toda grande história de amor conjugal tem início no namoro. 

     Aquela explosão de amor que fixa no inconsciente de todo ser humano a ponto de muitos casais viverem das lembranças: - “Na época que namorávamos que era bom...”-, Eco de saudade que todo casal já casado deixa manifestar.
 
     O namoro reserva algumas coisas muito gostosas, inerentes à essência do afeto humano, como: a descoberta do outro, transformação das pessoas em humanas; o desejo de ver e sentir; a paixão que causa reações fisiológicas da ponta do cabelo até às unhas dos dedões dos pés; a sensação de ser desejado; troca de carinho e carícias; o romantismo. 

     O namoro é um período tão forte na vida de um casal, que dependendo da sua intensidade e vitalidade, preserva o casal enamorado para toda a vida conjugal. Namoro é como alicerce de uma casa, se compacto e bem estruturado, sustenta uma grande construção que no decorrer dos anos superarão ventos e tempestades. 

Por tudo isto, o namoro vale mais do que ficar. O ficar pode ser o preâmbulo para o namoro. Se a cada beijo transmitimos e recebemos aproximadamente 400 bactérias, o ficar é um risco bacteriano sem precedentes, pois além de contaminada, a pessoa não terá o outro na sua essência. Já no namoro, o risco bacteriano pelo menos tem a recompensa de outras trocas mais profundas. 

No namoro, podemos exercer nossa capacidade de escolha, por isso aos casais jovens, é melhor o namoro com tempo longo; e aos casais adultos, o tempo de namoro vai depender da intensidade do vínculo e da maturidade. Assim, vemos pessoas de 40 anos  se conhecendo, apaixonando e casando em curto período de tempo, sem correr muito o  risco de errar. 

Mas o namoro reserva alguns cuidados que se não observados pode ser um momento de camuflagem. Por isso que namoro é tempo para conhecer o outro. É comum analisarmos no processo psicoterapêutico  pessoas que estão em crise conjugal após anos de casados, e na reconstituição da história conjugal descobre-se que o fogo da paixão, que cega para a percepção dos detalhes, impediu de ver a realidade do outro, na época do namoro.
 
Como acontece com mulheres que sofrem nas mãos de alcoólatras e dizem ter certeza que o marido tornou-se alcoólatra depois de casado. Ao recuperar as cenas, vamos perceber que em alguns momentos do namoro o rapaz bebia todas, mas esporadicamente, em algumas situações até tinha que ser carregado no colo. Lá já tinha um alcoólatra, onde a paixão da namorada não permitiu enxergar.
 
É comum também, mulheres que após o casamento tornam-se frias sexualmente e muito apegadas aos filhos e a própria família de origem, onde o namorado movido pela paixão não conseguia enxergar o quanto ela era dependente dos pais, - “Ela até tinha medo de barata, ficava branca ao ver uma ...” . Ele não percebia que este medo já era sintoma de insegurança. Assim, se no namoro os casais tiverem a coragem de ver as coisas do outro como elas realmente são, o namoro poderá ser um excelente trampolim para uma vida conjugal bem estabelecida. Mas é melhor ficar sem marido ou esposa quando se observa que o namoro não anda, tem muito conflito e causa muita angústia .Imagine depois de casados? É melhor ficar só do que mal acompanhado!
 “O amor é fogo que arde sem se ver...”, de tão bom que é este amor vivenciado no namoro na forma de uma explosão de paixão vale a pena para todos os casais  cultivar o dia dos namorados com muita vitalidade, pois o que é bom não pode ficar só na lembrança, tem que ser vivenciado a cada dia. Os casais que escolheram estar eternamente enamorados deverão ter no dia 12 de junho motivos de sobra para comemorar. E para quem tem um grande amor que pode enamorar-se, feliz dia dos namorados.  Melhor mesmo é  que todos os dias seja  dia de se namorar.  
 


Compartilhe:

 




Visitas: 347

Entre em contato