Prevenindo a depressão

Publicado em 19/03/2021


Nosso tema de hoje é sobre a prevenção contra a depressão. Uma coisa é termos momentos depressivos e a outra coisa é estarmos com o Transtorno da Depressão. Todos nós passamos por momentos do dia, ou semanas com sentimentos de tristeza, de angustia, sem que de fato isso possa ser considerado uma depressão propriamente dita. Porém, o Transtorno Depressivo, quando instaurado, é muito complexo de ser tratado. O motivo é pelo fato de quando o sujeito já está dentro da depressão, ele já vem de um caminho mais longo construindo este processo. Por este motivo, escolhi focar aqui em algumas dicas para podermos nos prevenir da Depressão enquanto doença. Vale aqui o velho dito popular: “É melhor prevenir do que remediar”. Segue aqui sete itens que considero poder ajudar e muito para que a depressão não nos pegue de calça curta:


1. Cuidar do Sono 


Procure dormir pelo menos oito horas de sono por noite. É necessário que sejam horas noturnas, pelo fato de nosso corpo ser limpo pelas enzimas apenas pelo período de oito horas noturnas. Assim, haverá maior produção de substâncias químicas neuro vegetativas que estimulam o bom humor e a disposição de fazer coisas durante o dia. Além de que pelo bom sono podemos ter acesso ao nosso inconsciente através dos sonhos. Quando reduzimos a carga horária do sono, bloqueamos os estimuladores neuronais e criamos um “limbo” que bloqueia nossa possibilidade de adentrarmos no mundo encantado de nossos sonhos. Para crianças o ideal é dez horas de sono.


2. Redução das horas diante dos equipamentos eletrônicos/ digitais 


Se houver necessidade do trabalho on line, é necessário fora do horário de trabalho dar uma boa desconectada, principalmente das redes sociais. Hoje estamos guiados pelos logaritmos que nos direcionam a desejar aquilo que as empresas de consumo nos apresentam. Com isto estamos perdendo potencialidades criativas e perdendo o controle sobre nossas emoções. O indicado é antes de dormir desconectar dos eletrônicos uma hora antes, e ficar após acordar pela manhã, uma hora sem conectar. Há um aumento substancial de pessoas adquirindo a depressão por conta da dependência digital. Isto tem relação com a memorização do prazer que o Hipocampo fixa com os estímulos digitais, e, ao fixarmos esta necessidade ficamos dependentes. Quanto mais dependente de digitais, menos potencial cognitivo e de conhecimento, mais depressão.


Outro fator pelo qual os digitais estimulam a depressão, é pelo fato da pessoa ficar muitas horas tendo contato com muitas pessoas de forma virtual e não presencial, eliminando assim a fixação da memória afetiva de contato.


3. Desenvolver atividade física aeróbica 


Aqui é um excelente meio para que possamos prevenir a depressão, e que seja diária pelo menos trinta minutos por dia, vai quinze e volta quinze. Você pode fazer isto em qualquer lugar. Se fizer corrida ou caminha mais tempo, pode intercalar dia sim dia não. Aqui temos um santo remédio para a funcionalidade cerebral, pois ao caminharmos sistematicamente ou corrermos, há uma intensificação da oxigenação na corrente sanguínea onde este oxigênio vai passar pelo cérebro e consequentemente estimular todas as substancias de manutenção da alegria e do humor. Sabemos que alegria e humor não dependem só de produção neuro vegetativa , mas potencializa nosso cérebro para estarmos com mais recurso para tanto.


4. Projeto de vida pessoal audacioso

 

Nesta indicação temos a perspectiva de vivermos para além do nosso cotidiano. Como a depressão nos coloca de cara com o passado, trazendo angustias, o projeto de vida pessoal nos coloca no amanhã. Lógico que aqui corre o risco de desencadear a ansiedade, que nos coloca sempre no amanhã. Do projeto pessoal dependerá o que estamos desenvolvendo no aqui e no agora. Porém, planejar o amanhã, tendo em vista algo que desejo atingir pessoalmente, pode colaborar para que não fiquemos presos em pendências passadas. Por que audacioso? Pelo fato de não ser algo muito comum, daquilo que a maioria deseja ou quer. Principalmente no campo profissional. Quando colocamos nossos projetos pessoais apenas em questões de conquistas materiais, corremos o risco de nos decepcionarmos quando não conquistamos este material ou quando podemos nos deparar com a perda dele. Aqui são sonhos e desejos no campo das realizações e conquistas relacionadas ao crescimento profissional. Por exemplo, fazer um pós doutorado, criar algo que nunca foi criado, desenvolver-se profissionalmente a ponto de ser uma referencia na área de atuação.


5. Cuidado com notícias falsas e jornalismo de espetáculos 


Este fator tem deixado muita gente depressiva. Ao assistir um telejornal catastrófico que só enfatiza notícias negativas e/ou estar nas redes sociais apegado a mentiras orquestradas ideologicamente, a tendência é nos apegarmos às notícias ruins. E também é bom lembrar que um dos meios que a espécie humana foi se configurando ao longo da sua história foi pela capacidade de fofocar. Pelo ouvido podemos enlouquecer. Neste sentido, vale a pena escolher o que ouvir, escolher fontes de informações idôneas.


6. Fazer coisas diferentes do seu cotidiano 


Procurar desenvolver atividades com as mãos que remeta você à concentração e exija de você esforço para desenvolver por ser algo que não está acostumado a fazer. Ocupe seu tempo com um ócio criativo. Pois a tendência é de repetirmos as mesmas ações todos os dias, levando a uma rotina chata e cansativa.


7.Procure estar sempre em processo de autoconhecimento. 


Utilize pessoas de confiança e mais próximas de você, para se expor, e também pergunte sempre para as pessoas ao seu lado como elas estão vendo você. Lógico que, neste item, não poderia deixar passar a possibilidade de você se colocar em processo de Psicoterapia com um profissional da Psicologia. Pois estar em análise é de fato uma das melhores prevenções para a sua saúde emocional.


De todos os sete itens que enumerei aqui, gostaria que observasse qual deles você já tem realizado e quais pode começar a colocar em prática.


Compartilhe:

 




Visitas: 145

Entre em contato